segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Devocional da Semana de 06 a 13/12

VIDA - NATAL

Aproximamo-nos do Natal, e lembramo-nos do nascimento de Jesus, aquele que veio resgatar a nossa vida do pecado e da morte, para a santificação, para a salvação, para a vida eterna. A vida é dom de Deus e saber conservá-la para a glória de Deus é o sentido maior da nossa existência. A preservação da vida não se resume em manter a nossa própria vida, ou seja, o corpo, a alma e o espírito “livres de toda a mancha”, como escreveu Paulo na primeira carta aos Tessalonicenses, capítulo 5, versículo 23, mas em preservar toda a natureza e toda a criação de Deus na terra, nesse contexto incluindo a humanidade e todos os animais que existem, o próprio solo, as florestas, os rios, os mares, enfim, tudo o que existe em nosso planeta. Com a vinda de Jesus, celebremos a vida!



07/12 TERÇA-FEIRA
 NATAL - COMEMORAÇÃO

Saber comemorar o Natal é reconhecer o verdadeiro motivo da vinda de Jesus há mais de dois mil anos. Acima de tudo, o Natal de Jesus tem um significado espiritual: “... eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”, como está escrito no evangelho de João, capítulo 10, versículo 10. É por isso que devemos comemorar o Natal nas cerimônias religiosas de agradecimento pela vinda de Jesus e não apenas em banquetes, comidas e bebidas.


08/12 QUARTA-FEIRA
NATAL – OPORTUNIDADE 

 Saber aproveitar a oportunidade é o segredo do sucesso de muitas pessoas. Devemos encarar os desafios da nossa vida, aproveitando a oportunidade de um bom projeto, de um bom emprego, de uma boa ação, de uma boa viagem, confiando que, se a oportunidade surgiu, é porque Deus a colocou em nosso caminho e rejeitá-la, é deixar de participar de novas realizações. Na segunda carta aos Coríntios, capítulo 6, versículo 2 está escrito: “... Eu te ouvi no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação...” E esta salvação nós encontramos em Jesus Cristo.


09/12 QUINTA-FEIRA
 NATAL – RENASCIMENTO

As nossas esperanças renasceram com a vinda de Jesus. De acordo com Isaías 53, versículo 6: “Éramos como ovelhas que se haviam perdido...” Jesus, o bom pastor, veio dar um novo sentido à nossa vida, veio fazer renascer em nós a certeza da salvação. Este Natal poderá trazer o renascimento de nossas esperanças em melhores dias de união em torno de nosso pastor maior, Jesus.


10/12 SEXTA-FEIRA
 NATAL – RIQUEZA 

 Não há maior riqueza do que a certeza da vida eterna, vida cheia de bênçãos, de paz, de amor e de compreensão. A riqueza representada pelo dinheiro não traz a verdadeira felicidade, não torna a pessoa amável, bondosa nem carinhosa. O Salmo 62, versículo 10 diz: “Ainda que as suas riquezas aumentem, não confiem nelas.” A nossa confiança está em Jesus que veio para nos salvar da perdição.


11/12 SÁBADO
NATAL – SAÚDE

Muitas pessoas comemoram o Natal com festas, trocas de presentes, excesso de comidas e de bebidas. Nos seus exageros, especialmente com a comida e com a bebida, prejudicam sua própria saúde. Nos exageros com as despesas, desequilibram seu orçamento doméstico, criando uma situação insustentável para os meses seguintes. Em João 4, versículo 34 Jesus disse: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e terminar o trabalho que ele me deu para fazer.” Não podemos esquecer-nos do sentido espiritual do Natal: a vinda de Jesus para nos salvar.


12/12 DOMINGO
NATAL – SENTIMENTO

É normal que o Natal nos traga um sentimento de grande alegria, e de paz. Os anjos que anunciaram o nascimento de Jesus aos pastores disseram, conforme Lucas 2, versículo 14: “Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem!” Paulo escreveu aos Filipenses no capítulo 2, versículo 5: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.” Que esse sentimento do Natal e de Jesus perdure durante toda a nossa vida.


13/12 SEGUNDA-FEIRA
 NATAL – UNIÃO

Jesus foi enviado por Deus para trazer a união de um povo que vivia disperso e sem esperança da salvação. Os cristãos do mundo todo se unem para comemorar o Natal de Jesus, com um só espírito de união. João escreveu no capítulo 17, versículo 21: “E peço que todos sejam um. E assim como tu, meu Pai, estás unido comigo, e eu estou unido contigo, que todos que crerem também estejam unidos a nós para que o mundo creia que tu me enviaste.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails